O que é um buffet de coquetel? Quando servir?

Entenda como funciona um buffet de coquetel e veja quais são as vantagens.

Está na dúvida sobre qual é o melhor tipo de serviço de buffet para o seu evento? Muitas vezes, ficar nos serviços “tradicionais” é uma estratégica para acertar. E um dos tipos de buffet mais contratados para festas sociais e celebrações coporativas é justamente o coquetel. Entenda como funciona e veja quais são as vantagens.

Pense no coquetel como um tipo de serviço que pode ter diversas opções e assumir diferentes formatos. A ideia do coquetel é servir comidinhas que sejam fáceis de manusear, que dispensem o uso de talheres ou pratos e que permitem que os convidados comam em pé. Um buffet de coquetel inclui opções como finger food, canapés, salgadinhos, mini-sanduíches e docinhos.

Este tipo de buffet tem algumas vantagens interessantes. É prático e permite que os convidados fiquem mais “livres” durante o evento. Também é uma das opções de buffet mais versáteis quanto a custo, além de oferecer grande variedade de sabores.

Quais são os tipos de coquetel?

O buffet de coquetel pode ser servido sozinho ou anteceder um jantar ou almoço. Em recepções de casamento, por exemplo, é muito comum que, durante o cumprimento aos noivos, sirva-se o coquetel. Depois, se abre o serviço nos aparadores e mesas de buffet, incluindo frios, acompanhamentos e pratos quentes.

O coquetel ainda pode ser servido de duas maneiras:

  • volante: quando há garçons que circulam pelo salão, servindo as comidinhas aos convidados.
  • em mesa fixa: sem serviço de garçons, os aperitivos são todos dispostos em mesas pelo salão e o convidado pode se servir quando quiser.

Quando servir um coquetel?

Comidinhas fáceis e práticas não significam necessariamente menos sofisticação. Explorar novos sabores e trazer versões mais gourmet são uma tendência cada vez mais evidente entre as empresas de catering. Por isso, devido à sua praticidade e versatilidade, o buffet de coquetel pode ser uma boa escolha para ocasiões como:

  • eventos corporativos: seja para inaugurações, palestras ou confraternizações, o coquetel pode ser a melhor solução para os eventos em empresa, onde a prioridade geralmente está em socializar e circular entre os convidados.
  • festas de debutante sem jantar: são uma boa pedida, uma vez que se trata de um evento para um público mais jovem e que prefere aproveitar a pista de dança.

485369.jpg

  • chá de bebê ou chá de cozinha: já que o foco dessas festas são as brincadeiras e interação entre os convidados, as comidinhas rápidas são a melhor saída.
  • casamentos: é uma maneira de economizar sem perder o glamour da festa. Alguns optam por buffet de coquetel seguido de massas, como uma opção mais barata que um jantar completo.
  • comemorações especiais: qualquer outro evento em que você queira uma opção mais econômica, sem deixar de agradar o paladar dos convidados. Ocasiões como festas de fim de ano, aniversários ou bodas

O que servir?

A criatividade que as empresas apresentam ao criar combinações e sabores em canapés, finger foods, salgadinhos e docinhos são irresistíveis e quase infinitas! A primeira dica para escolher o cardápio ideal para a sua festa é definir o perfil dos seus convidados e o estilo do seu evento. Assim, fica mais fácil definir opções sem medo de errar.

Fonte: Catering.com.br Fotos (ordem de aparição): Arte Inventos, Guy Buffet e Eventos MDN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *